Tags

Avaliação de Desempenho: Analisar para melhorar cada vez mais

13 de junho de 2019

O crescimento, desenvolvimento e amadurecimento de uma instituição passa, necessariamente, pelo entendimento de como os colaboradores estão exercendo suas atividades. Por meio de uma avaliação de desempenho é possível verificar a performance de um  grupo de pessoas e, a partir de então, estimular, capacitar e melhorar os resultados.
Pensando nisso, o Azevedo Lima e as demais unidades que compõem o ISG vêm promovendo avaliações dos colaboradores periodicamente. A partir de 2019, no Azevedo Lima, as avaliações irão passar por um processo de aprimoramento que inclui, entre outros, orientações às coordenações, processos digitalizados e, o mais importante, retorno ao colaborador sobre a sua avaliação pessoal.
As primeiras avaliações devem ser aplicadas quando o colaborador completar 60 e 90 dias de ingresso na unidade. Posteriormente, serão aplicadas duas vezes ao ano (julho e dezembro) para toda a equipe. 
“O objetivo desse processo é melhorar o empenho do colaborador individualmente e o desempenho profissional de toda a equipe”, avalia a coordenadora do setor de Gestão de Pessoas (GP), Patrícia Lemos, lembrando que a avaliação de desempenho investiga os pontos fortes e aqueles que devem ser aprimorados para inicialmente capacitar o funcionário. Essa análise é importante, inclusive, para um possível processo de promoção no futuro. 
A avaliação de desempenho aplicada no Azevedo Lima é do tipo 90 graus, ou seja, todos os colaboradores são avaliados pela chefia imediata, independente do cargo, nos seguintes quesitos: conhecimento, habilidade e atitude. Estes quesitos avaliam desde a capacidade técnica até o comportamento do colaborador no ambiente de trabalho.
A partir da segunda quinzena de junho todas as coordenações receberão formulários de avaliação e a relação das pessoas a serem avaliadas. Os formulários deverão ser preenchidos de forma digitalizada e assinados tanto pelo avaliador quanto pelo funcionário avaliado, que deverá ter conhecimento dos pontos analisados e o retorno quanto a eles.
Segundo Patrícia Lemos, avaliar o desempenho dos colaboradores envolve um trabalho de parceria entre a direção, as coordenações e o RH para entender onde estamos acertando e onde podemos melhorar. O GP vai acompanhar e dar apoio às coordenações durante todo o processo de avaliação, incluindo as áreas assistenciais e administrativas do hospital. “Após o término das avaliações, será organizado um relatório, incluindo plano de capacitação e treinamento para o desenvolvimento de toda a equipe, em parceria entre o GP, o Núcleo de Ensino e Pesquisa e a Direção”, lembra a analista de RH, Elane Sacramento. 
Para a diretora executiva do Azevedo Lima, Claudia Soares, “toda organização deve ser avaliada, rever estratégias e métodos de trabalho para que possa se oxigenar. Da mesma forma, os colaboradores precisam receber o retorno sobre a forma como estão realizando o seu trabalho”. 

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte