Tags

Azevedo Lima celebra o Dia Mundial da Prematuridade

28 de novembro de 2016

A data de 17 de novembro é conhecida mundialmente como o Dia Mundial da Prematuridade ou o Dia Internacional da Sensibilização para a Prematuridade. Foi criada em 2009 com o objetivo de se pensar em estratégias para diminuir a taxa de prematuridade. É lembrada em mais de 50 países que costumam organizar encontros entre pais e crianças prematuras, incentivando o convívio e o contato. 
Para celebrar a data, o Hospital Estadual Azevedo Lima organizou, no dia 25 de novembro, uma palestra para pais e funcionários sobre o Método Canguru. “Trata-se de uma técnica que incentiva o contato íntimo entre pais e bebês prematuros, permitindo uma sensação de proteção e segurança similar à do útero”, explica a Coordenadora de Enfermagem da UTI Neonatal, Enfa.Bruna Lemos. “Além de melhorar o desenvolvimento neuro-motor da criança, o método pode reduzir o tempo de hospitalização e, com isso, os riscos de infecções em geral”, enfatiza a Coordenadora Médica da Unidade, Dra. Cristine Delgado. Consiste em manter o bebê em contato pele a pele com o peito da mãe ou do pai, amarrado com uma faixa e em posição vertical. Entre outras vantagens, há melhoria na respiração, na amamentação, na manutenção da temperatura e no ganho de peso. Incentivar este contato é um lema do Azevedo Lima e um compromisso para atender exigências da iniciativa Hospital Amigo da Criança, na busca para uma acreditação. 
Segundo a OMS, anualmente nascem cerca de 15 milhões de crianças prematuras do mundo. No Brasil esta taxa representa 12% dos nascimentos, ou 340 mil bebês prematuros por ano, que necessitarão de cuidados especiais na UTI, o que aumenta em três vezes o risco de morte e sequelas  para a vida adulta. Considera-se prematuro um bebê que nasce antes de 37 semanas de gestação. 

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte