Tags

Campanha Setembro Laranja: pela segurança medicamentosa do paciente

20 de setembro de 2022

Azevedo Lima alcança alta pontuação na avaliação da Anvisa

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) escolheu o tema “Segurança Medicamentosa” para a campanha de 2022 do Dia Mundial da Segurança do Paciente, comemorado em 17 de setembro. O tema remete à terceira das “Seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente”.

Em 2021 o Hospital Estadual Azevedo Lima alcançou alta pontuação na avaliação das práticas de segurança do paciente feita pela Anvisa, conforme explica a presidente do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital, enfermeira Flávia Garrido. Segundo ela esta pontuação se deveu, entre outros, a algumas práticas exitosas como a  intervenção farmacêutica realizada pelo setor de Farmácia, por meio da qual todas as prescrições médicas são analisadas e, em casos de inadequações, os médicos responsáveis são contatados e uma nova prescrição é feita. “Assim a gente consegue minimizar possíveis erros de medicação”, conta.

Para homenagear a data, uma exposição no hall dos elevadores do Azevedo Lima foi organizada, bem como um treinamento itinerante para as equipes e a aplicação de um quiz referente ao tema.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP), enfermeira Katia Magalhães, a segurança dos pacientes passa pela conscientização e identificação dos riscos para que se possa entender o que precisa ser feito. Um cuidado que só pode ser oferecido com qualidade com a permanente capacitação dos colaboradores que atuam diretamente na assistência dentro das instituições.

Para a atividade no hall dos elevadores foi utilizada uma grande lupa sobre um banner que chama a atenção para a questão da segurança medicamentosa com os “9 certos”, remetendo à importância da investigação, atenção e suspeita de que algo pode estar em desconformidade e causar um evento adverso. “É sabido que 50% dos eventos adversos podem ser evitados, então vamos trabalhar para que sumam definitivamente do Azevedo Lima e não atinjam os nossos pacientes”, explica Kátia.

O programa desenvolvido para o Setembro Laranja, além da exposição no hall, também contou com uma capacitação itinerante que abordou todas as seis metas de segurança do paciente. O objetivo foi identificar o conhecimento dos profissionais acerca das metas internacionais e orientar de forma dinâmica sua aplicação na realidade prática, tornando-os agentes promovedores de saúde com qualidade. “Um trabalho em equipe para benefício de todos!”, finaliza Flavia.

  • Diretores e coordenadores em apoio à campanha pela segurança do paciente

  • Lupa sobre banner chamando a atenção para a segurança medicamentosa do paciente

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito