Tags

HEAL abre suas Sessões Científicas

10 de outubro de 2016

O caso de um  homem de 57 anos que deu entrada no HEAL entubado e com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e saiu em bom estado e caminhando com independência foi discutido na última quinta-feira (6) no Centro de Estudos. Além do debate sobre a evolução e as estratégias usadas para a melhora do paciente, foram discutidos artigos científicos relacionados ao tratamento. A abordagem, que envolveu profissionais da Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Fonoaudiologia, fez parte da primeira Sessão Científica do HEAL. Eventos desse tipo serão realizados quinzenalmente.
Segundo o coordenador Reabilitação do HEAL, Renato Tavares, apesar de o primeiro caso discutido ter sido de sucesso, o objetivo do encontro não é de apenas confirmar a eficácia dos processos adotados no hospital. Qualquer que seja o tema abordado, o foco será sempre no aprimoramento das práticas adotadas, abrindo espaço para tirarem dúvidas e fazerem sugestões. “Foi um paciente que teve seu plano terapêutico cumprido com êxito. Ele entrou pela Sala Vermelha, passou pelo CTI e foi para a UI, com adesão total das equipes. Mas sempre podemos ver o que pode ser melhorado”, explica Tavares.
Duranto o tratamento, foram empregadas técnicas para estimular a independência do paciente, a partir da classificação em cinco níveis de autonomia e mobilidade adotada pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG). O tratamento, além de recurar o doente, visa a dar-lhe alta em condições de se integrar à sua vida comunitária normal sem necessidade de reinternação. 
As sessões terão sempre esse caráter de discussão teórica e o setor de Reabilitação espera integrar também profissionais de outras áreas assistenciais nos encontros. O próximo evento está marcado para o dia 20, às 14h, também no Centro de Estudos. A programação ficará dessa vez a cargo da Fonoaudiologia. 

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte