Tags

Unidades ISG celebram o Dia Nacional da Doação de Órgãos

27 de setembro de 2019

HRSJC e HEAL promoveram atividadeseducativas para colaboradores, profissionais de outras instituições eestudantes.

Por Olenka Lasevitch

 

 

ODia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos, celebrado em 27 de setembro, temcomo objetivo conscientizar profissionais de saúde e cidadãos em geral sobre aimportância desta prática para ajudar pessoas que lutam por uma oportunidade desalvar a vida. O Instituto Sócrates Guanaes apoia e incentiva a causa. Duas desuas unidades hospitalares, que participam de programas de transplante,organizaram eventos em prol da doação de órgãos voltados para as equipesinternas.

OHospital Regional de São José dos Campos “Dr. Rubens Savastano” organizou a suaPrimeira Semana do Doador de Órgãos, com oito palestras em quatro dias,voltadas para profissionais do hospital e de outras instituições, além deestudantes da área de saúde. Entre os temas das palestras estão: diagnóstico demorte encefálica, a importância do profissional de saúde na doação de órgãos ea atuação do enfermeiro no processo de captação de órgãos, além de relatos deexperiência. No último dia do evento, a família de uma doadora esteve presente e o pai prestou um depoimento emocionante. “Todos os dias, ajoelhávamos e pedíamos um milagre. E o milagre aconteceu, mas não era para nós. Deus preparou o milagre para outras pessoas. É maravilhoso saber que minha filha salvou alguém. Quero agradecer a todos que trabalharam e fizeram por ela. Vocês foram maravilhosos e a trataram como rainha”, declarou Idário Silva. 

OHospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói/RJ, promoveu a Semana daSensibilização à Doação de Órgãos e Tecidos, com atividades durante a semana de23 a 27 de setembro voltadas para colaboradores em geral. Na quarta-feira, dia25, um seminário com palestras e mesa redonda foi realizado no auditório dohospital, abordando temas como reflexões bioéticas e jurídicas e a atuação doGrupamento de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros no programa detransplantes, entre outros. Ao longo da semana, as equipes assistenciais tambémreceberam capacitações e atualizações no tema no próprio local de trabalho.Para finalizar os eventos da semana, foi colocado à disposição de colaboradorese visitantes um banner intitulado “Anjos da Vida” para que as pessoasse fotografassem com asas, em atitude de apoio à causa.

 

Azevedo Lima tem suaprimeira captação de ossos do programa coração parado

OAzevedo Lima obteve pela primeira vez uma captação de ossos no programa decoração parado. As córneas do mesmo paciente também foram captadas. No caso deossos, muitas pessoas podem ser beneficiadas e a captação do Azevedo Lima, emespecial, deve beneficiar pelo menos uma dezena de pacientes. O programacoração parado é aquele em que não há morte encefálica do paciente e por meiodo qual podem ser captados córneas, ossos e pele.

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito