Tags

Abril pela Segurança do Paciente reforça as boas práticas na assistência

18 de abril de 2022

Por Mônica Bockor

No Hospital Regional de Registro, o corredor de acesso ao auditório se transformou no “Caminho da Segurança do Paciente” nos dias 12 e 13 de abril, durante a ação promovida pelo Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) com apoio da Educação Permanente e equipe multidisciplinar da Unidade. A campanha “Abril pela Segurança do Paciente” é realizada anualmente para conscientizar profissionais de saúde, gestores e pacientes sobre a importância da adoção de práticas de segurança dentro dos serviços de saúde.

Com enfoque nas 6 metas internacionais de segurança do paciente, o objetivo do HRR foi promover uma reflexão sobre as boas práticas com situações vivenciadas no dia a dia de atendimento. O Time NSP promoveu perguntas objetivas sobre identificação segura, SBAR – ferramenta que garante a transição do cuidado dos pacientes durante as transferências internas -, segurança medicamentosa, cirurgia segura, higienização das mãos e prevenção de queda e lesão por pressão.

“Abordamos situações pontuais para levar os colaboradores a refletir sobre as boas práticas de segurança no dia a dia da assistência e conscientiza-los sobre a importância das metas de segurança”, explica a coordenadora da Qualidade, Tatiane Alves. Antes e depois de passarem pelo circuito das metas, os participantes também realizaram pré-teste e pós-teste sobre as práticas de segurança do paciente. Segundo Tatiane, os resultados serão apresentados ao Time NSP, na busca de identificar e planejar estratégias de melhoria junto às equipes.

No auditório, os colaboradores assistiram à palestra do Dr. André Luiz Thomaz de Souza, enfermeiro representante do Núcleo Vale do Ribeira da Rebraensp (Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente). Ele abordou a importância da cultura de segurança do paciente nas instituições de saúde, destacando como a qualidade do serviço está diretamente relacionada às práticas de segurança. “Não se pode mais organizar os serviços de saúde sem considerar que, em algum momento, os profissionais vão errar. Cabe ao sistema criar mecanismos para evitar que o erro atinja o paciente”, afirmou Dr. André. Ao falar sobre a cultura de segurança, ele ressaltou a importância dos protocolos e das regras internas da Unidade para atingir um padrão de segurança e qualidade no atendimento. “É preciso que todos os trabalhadores, incluindo os gestores, assumam a responsabilidade pela sua própria segurança e pela segurança dos seus colegas, pacientes e familiares”.

A atividade contou ainda com sorteio de brindes e coffee break oferecido aos participantes. Além de colaboradores do HRR, alunos de graduação de Enfermagem da UNIVR também participaram da ação.

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito