Tags

Boas práticas salvam vidas

17 de setembro de 2020

Texto: Talita Araújo
Entre as atividades mais importantes dos serviços de saúde estão aquelas que envolvem a Segurança do Paciente. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu a data 17 de setembro como o Dia Mundial de Segurança do Paciente. No Brasil, o Ministério da Saúde criou o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) para melhorar a assistência prestada aos usuários em todos os estabelecimentos de saúde do país.
Para garantir o cumprimento das diretrizes do Ministério da Saúde e orientação da OMS, o AME conta com o Núcleo de Segurança do Paciente composto por profissionais da Farmácia, Enfermagem, Diretoria Médica, SESMT, Gestão de Pessoa, Engenharia Clínica, Gestão da qualidade e Coordenação Administrativa. O objetivo do grupo é planejar e avaliar as ações para manter um ambiente seguro para o paciente.
A enfermeira Gabriela V. F de Barros, supervisora do Serviço de Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (SCIRAS) e Educação Continuada do AME, explica que “todos os colaboradores, pacientes e acompanhantes desenvolvem atividades que visam a segurança do paciente. Todos nós somos responsáveis por reduzir os riscos e danos aos pacientes”.
Seis protocolos básicos envolvem diretamente a Segurança do Paciente, que são: Identificação segura, que visa garantir que o cuidado seja prestado a pessoa certa; Segurança nos processos medicamentosos (prescrição e uso correto); Cirurgia segura (procedimento certo, no local e paciente correto); Redução de infecções relacionadas a assistência à saúde; Redução de risco de queda; Comunicação entre profissionais da saúde.  
“Devemos manter contínua as ações para promoção a segurança do paciente, pois nossa unidade se preocupa com uma assistência de excelência”, conclui Gabriela.
SCIRAS realiza capacitação sobre higienização das mãos  
 SCIRAS (Serviço de Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde) é o responsável por organizar as atividades relacionadas ao Dia Mundial de Segurança do Paciente no AME. Na última quinta-feira, 17, promoveu um treinamento in loco sobre a higienização correta das mãos, que faz parte do protocolo básico de Segurança do Paciente da OMS. 
A ação teve o intuito de “evidenciar a importância da higienização das mãos aos nossos colaboradores e pacientes, pois estamos vivendo um momento delicado e higienizar as mãos pode salvar vidas”, afirma a enfermeira Grabriela V. F. Barros, responsável pelo SCIRAS.
Também foi distribuído aos colaboradores um folheto explicativo com o passo-a-passo da higienização correta das mãos.

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte