Tags

Hospital Regional do Litoral Norte recebe novo equipamento de radioterapia

20 de maio de 2022

Por Gisele Leite

Importado da Alemanha, o novo equipamento proporciona melhor qualidade de vida aos pacientes.

O Hospital Regional do Litoral Norte adquiriu um novo equipamento de radioterapia capaz de trazer maior conforto e qualidade de vida ao paciente com câncer que faz esse tipo de tratamento. Instalado no Departamento de Radioterapia do setor de Oncologia, o novo equipamento com novo software é o primeiro entregue no Brasil em sua nova versão que funciona totalmente sem fio (wireless).

Dotado de um sistema inovador de controle de qualidade dos tratamentos de Terapia em Arco Volumétrico – VMAT e dos tratamentos de Radioterapia de Intensidade Modulada – IMRT, integrado ao novo equipamento, é capaz de aumentar a precisão do local de aplicação da radiação, fazendo automaticamente todos os ajustes necessários durante a sessão de radioterapia, preservando as células saudáveis de áreas localizadas no entorno do tumor.

“Para o controle de qualidade de nosso Acelerador Elekta Synergy foi implantado o myQA Daily, que consiste em um dispositivo com 125 câmaras de ionização para verificação dos feixes de fótons e elétrons de nosso equipamento, assim permitindo uma verificação diária da qualidade do feixe entregue nos tratamentos de Radioterapia do Hospital Regional do Litoral Norte”, informou o físico médico, Alexandre Rafaldini.

Além disso, é possível realizar protocolos com maior dose de radiação, tornando o tratamento mais rápido e mais preciso que o método convencional, o que significa para o paciente uma redução do tempo de duração nas aplicações diárias e dos números de sessões do tratamento, diminuindo também as chances de efeito colateral, proporcionando maior conforto e qualidade de vida ao paciente com câncer.

De acordo com informações do Departamento de Radioterapia, uma das pacientes do HRLN teve seu tratamento reduzido de 25 sessões convencionais para 5 sessões com a utilização da nova técnica de Terapia em Arco Volumétrico – VMAT.

O equipamento com o software MatriXX Resolution, fabricado e importado pelas empresas Iba e Oxigen Indústria, correspondeu a um investimento de cerca de R$ 1 milhão, e já está sendo usado pelos pacientes que chegam ao HRLN por meio do CROSS.

Para operar o equipamento, foi necessária a realização de um treinamento dos físicos médicos Johan Krauze Schneider, Alexandre Rafaldini, José Carlos Ferraz de Campos e Djalma Gomes, pelo diretor de produtos da Oxigen, Georg Bauer. Também foram treinados o dosimetrista Rafael Campos, os tecnólogos Cleyton Rodrigues, Fernanda Jesus, Juliana Trindade e Pamela da Silva, Lucas Branquinho e parte da equipe da Engenharia Clínica.

 

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte