Tags

Lideranças preparadas para receber colaboradores com deficiência

17 de março de 2022

Lideranças de oito unidades assistenciais geridas pelo ISG, que participaram do processo seletivo exclusivo para contratação de pessoas com deficiência (PCD), reuniram-se em encontros para discutir o processo de desenvolvimento profissional e adaptação destes novos colaboradores às equipes, de forma presencial e online. Os encontros foram organizados pelos setores de Gestão de Gente, tendo à frente a analista Joyce Raline, do Hospital Regional do Litoral Norte.

No encontro, que contou com palestra e dinâmica, gestores dos diversos setores assistenciais e administrativos dialogaram sobre a sensibilização e valorização destes profissionais, bem como a adequação dos espaços e setores para pessoas com diversos tipos de deficiência física e mental. Segundo a analista Ana Carolina Gabry, do Hospital Estadual Azevedo Lima, é fundamental que as lideranças tenham noção das dificuldades dos colaboradores PCDs e saibam como lidar com cada tipo de deficiência, inclusive utilizando as ferramentas que já dispomos para fazer com que eles sejam acolhidos e cresçam profissionalmente.

Joyce Raline explica que em cada treinamento realizado pôde perceber o interesse das lideranças em serem facilitadores do processo de inclusão de pessoas com deficiência. “Os participantes se envolveram na dinâmica de grupo aplicada durante o treinamento, trazendo experiências, percepções, dificuldades e até oportunidades, com o objetivo de tornar as unidades mais inclusivas. Me sinto grata pela oportunidade em ser facilitadora para esse processo de mudança tão importante para todos”.

Para Ana Carolina Gabry, “ter o profissional PCD em nossa unidade é muito mais do que cumprir a legislação, é dar oportunidade para quem muitas vezes já tem a dificuldade da vida para entrar no mercado de trabalho. É,  também, uma chance de sermos mais empáticos e aprendermos mais com esse profissional.”

O processo seletivo promovido pelo ISG exclusivamente para pessoas com deficiência foi realizado em janeiro e selecionou 207 profissionais que cumpriram com as habilidades exigidas. Destes, 36 já foram contratados ou estão em processo. Diversos outros profissionais PCD inscritos, como enfermeiros, auxiliares administrativos, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, telefonistas, técnicos de segurança do trabalho e técnicos de radiologia, entre outros, já estão aprovados em cadastro reserva e podem ser chamados a qualquer momento.

O colaborador Anderson Luiz Dutra, que é PCD, já trabalhou anteriormente no Azevedo Lima e retornou à unidade no processo seletivo exclusivo de janeiro para atuar no setor de Suprimentos. Ele garante que está sendo bem recebido pelo pessoal e que tem a perspectiva de crescer profissionalmente. “Não encontro dificuldades ou obstáculos que impeçam o desenvolvimento do meu trabalho dentro do hospital”, finaliza Anderson.

 

Compartilhar

Assine Nossa Newsletter

Receba as últimas novidades em seu e-mail

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições da nossa Política de Privacidade.

Aceito
Redimensionar fonte